1966 - A Voz Adorável de Clara Nunes

Amor Quando é Amor
Ai de Quem
Poema do Desencontro
Convite
Encontro
Adeus Rio
De Vez Em Quando
Tempo Perdido
Sonata de Quem é Feliz
Canção de Sorrir de Chorar
Enredo
Dia de Esperança

1968 - Você Passa, Eu Acho Graça

Você Não É Como as Flores
Sabiá
Cheguei à Conclusão
Desencontro
Pra Esquecer
Rua d'Aurora
Você Passa, Eu Acho Graça
Sucedeu Assim
Grande Amor
Que É Que Eu Faço
Minha Partida
Corpo e Alma

1969 - A Beleza Que Canta

Você Não É Como as Flores
Espuma Congelada
Meus Tempos de Criança
Gente Boa
Graças a Deus
Guerreiro de Oxalá
Casinha Pequenina
Foi Ele
Até Voltar
Felicidade
Hora de Chegar
A Estrela e o Astronauta

1971 - Clara Nunes

Aruandê Aruandá
Participação
Meu Lema
Ê Baiana
Puxada da Rede do Xaréu (Parte 1)
Novamente
Misticismo da África ao Brasil
Sabiá
Rosa 25
A Favorita
Puxada da Rede do Xaréu (Parte 2)
Feitio de Oração
Canseira
Morrendo Verso Em Verso

1972 - Clara Clarice Clara

Sempre Mangueira
Seca do Nordeste
Alvorada No Morro
Tempo à Bessa
Morena do Mar
Ilu Ayê (Terra da Vida)
Opção
Anjo Moreno
Tributo Aos Orixás
O Último Pau-de-Arara
Clarice

1973 - Clara Nunes

Tristeza pé no chão
Fala viola
Minha festa
Umas e outras
Pra esquecer
Arlequim de bronze
O mais que perfeito
Quando vim de Minas
Meu Carirí
Homenagem à Olinda, Recife e Pai Edu
É doce morrer no mar
Valeu pelo amor
Eu preciso de silêncio
Apesar de você

1974 - Brasileiro Profissão Esperança

Ternura  Antiga
Ninguém Me Ama
Valsa de uma Cidade
Menino Grande
Estrada do Sol
A Noite do Meu Bem
Manhã de Carnaval
Frevo Número Dois do Recife
Castigo
Fim de Caso
Por Causa de Você
Pela Rua
Canção da Volta
Suas Mãos
Solidão
Se Eu Morresse Amanhã de Manhã
Noite de Paz

1974 - Alvorecer

Menino Deus
Samba da Volta
Sindorerê
O Que É Que a Baiana Tem
Meu Sapato Já Furou
Punhal
Arvorecer
Nanaê, Nanã Naiana
Conto de Areia
Pau de Arara
Esse Meu Cantar

1975 - Claridade

O Mar Serenou
Sofrimento De Quem Ama
A Deusa Dos Orixás
Juízo Final
Tudo É Ilusão
Valsa De Realejo
Bafo De Boca
O Último Bloco
Ninguém Tem Que Achar Ruim
Às Vezes Faz Bem Chorar
Vai Amor
Que Seja Bem Feliz

1976 - Canto das Três Raças

Canto das Três Raças
Lama
Alvoroço no Sertão
Tenha Paciência
Ai Quem Me Dera
Risos e Lágrimas
Basta Um Dia
Fuzuê
Meu Sofrer
Retrato Falado

1977 - As Forças da Natureza

As Forças da Natureza
P.C.J. Partido Clementina de Jesus
Senhora das Candeias
Perdão
Homenagem a Velha Guarda
Rancho da Primavera
Coisa da Antiga
Coração Leviano
Sagarana
A Flor da Pele
Palhaço
Fado Tropical

1978 - Guerreira

Guerreira
Mente
Candongueiro
Outro Recado
Zambelê
Quem Me Ouvir Cantar
Jogo de Angola
Ninguém
Moeda
Amor Desfeito
O Bem e o Mal
Tu Que Me Destes o Teu Cuidado

1979 - Esperança

Banho de Manjericão
Obsessão
Na Linha do Mar
Apenas Um Deus
Rolou
Minha Gente do Morro
Ê Favela
Contentamento
Mulata do Balaio
Jardim da Solidão
Abrigo de Vagabundos
Feira de Mangaio
Uricuri (Segredo do Sertanejo)

1980 - Brasil Mestiço

Morena de Angola
Sem Companhia
Viola de Penedo
Ninho Desfeito
Coração em Chama
Peixe com Coco
Brasil Mestiço, Santuário da Fé
Dia a Dia
Estrela-Guia
Regresso
Meu Castigo
Última Morada

1981 - Clara

Portela na Avenida
Deixa Clarear
Coração Valente
Congada
Magoada
Minha Missão
Vontade de Chorar
Derramando Lágrimas
Como é Grande e Bonita a Natureza
Coroa de Areia
Macunaíma

1982 - Nação

Nação
Menino Velho
Ijexá
Vapor de São Francisco
Novo Amor
Serrinha
Afoxé Para Logun
Cinto Cruzado
Mãe África
Amor Perfeito

2005 – Clara Nunes Cata Tom e Chico

Sabiá
Umas e Outras
Fado Tropical
A Felicidade
Desencontro
Basta Um Dia
Insensatez
Novo Amor
Sucedeu Assim
Morena de Angola

2008 - Poeta, Moça e Violão

Pátria Minha
O Poeta Aprendiz
Canção de Amor
Olhe Aqui, Mr. Buster
Lamentos
Mundo Melhor
Chorando Pra Pixinguinha
Rancho das Namoradas
Valsa de Eurídice
A Felicidade
Garota de Ipanema
Marcha da Quarta-Feira de Cinzas
Berimbau
Consolação
Canto de Ossanha
Se Todos Fossem Iguais a Você
Como Dizia o Poeta
Veja Você
Regra Três
Cotidiano N° 2 (Como Dizia o Chico)
Cotidiano N°2
Gente Humilde
Paiol de Pólvora
Clarice
Morena do Mar
Opção
Tributo aos Orixás
São Demais os Perigos Desta Vida
Tatamirô
Tarde em Itapoã