Clive Davis homenageia Whitney Houston em festa pré-Grammy

12-02-2012 12:41

 

Mesmo após a morte de Whitney Houston nesse sábado (11), a festa pré-Grammy, organizada pelo produtor musical Clive Davis, ocorreu no hotel Beverly Hilton, em Beverly Hills, nos Estados Unidos, onde a cantora foi encontrada morta. As informações são do site do jornal USA Today .
Entre os artistas que compareceram ao evento estavam Tom Hanks, Jon Voight, Britney Spears, David Foster, Dianne Warren, Penny Marshall, Toni Braxton, Neil Young e Pegi Skrillex.
Quando subiu ao palco, às 21h38 (horário local), Clive Davis fez um discurso emotivo. "Eu não tenho como mascarar minhas emoções. Estou com o coração muito pesado. Pessoalmente, estou arrasado. Ela estava esperando tanto por esta noite", disse. Houston era convidada da festa.
Durante o discurso, Davis lembrou ainda a filha de Houston, Bobbi Christina, e sua mãe, Cissy. "Whitney era uma linda pessoa e tinha um talento incomparável. Ela agraciou este palco com seu talento inúmeras vezes. Então, resumindo, Whitney desejaria que a música continuasse", afirmou o produtor, que dedicou a noite para a cantora.
Ao entrar no palco, o cantor Tony Bennett lembrou outras mortes. "Primeiro Michael Jackson, depois Amy Winehouse e agora Whitney Houston. Eu gostaria de poder contar com todos os senhores e senhoras aqui presentes para chegar ao governo e pedir a legalização das drogas", disse. "Quando eu ouvi Whitney pela primeira vez, liguei para Clives Davis e disse: 'você finalmente encontrou a melhor cantora que eu já ouvi'", completou.
Segundo o USA Today , Neil Portnow, presidente do Grammy confirmou a apresentação de Jennifer Hudson na cerimônia deste domingo. "Houston gostaria desse jeito. Essa é a coisa certa e apropriada a fazer", disse.